Como Saber Se um Link é Seguro Antes Mesmo de Clicá-lo

Os Links, desde o início da internet, são responsáveis por interligarem tudo — são um dos pilares que sustentam a web como conhecemos hoje. Porém, sabemos que eles podem ser muito perigosos, simplesmente pelo fato de poderem ser utilizados como a principal porta de entrada de Malwares e ataques no seu computador. Por conta disto, muitas vezes deixamos de clicar em links que pareçam suspeitos e que possivelmente acabem nos levando a uma armadilha — cujo objetivo seja sequestrar dados pessoais ou infectar o nosso computador. A maioria dos softwares de proteção vem com complementos de segurança, que adicionam ícones ao lado dos links dos sites nos provedores de busca como o Google, que indicam quais links são considerados confiáveis ou não — Isto de acordo com a experiência e avaliação de usuários que já visitaram os links dos sites anteriormente. Como podemos ver na imagem abaixo:

(Fonte da imagem: Reprodução/Segredos Geek)

O grande problema é que este tipo de proteção não abrange as redes sociais, onde clicamos em centenas de links para páginas externas diariamente, ou em links estranhos recebidos por e-mail. Isto representa um grande perigo, pois mesmo cientes que links desconhecidos são perigosos, simplesmente nas redes sociais à maioria dos links que um amigo ou página nos envia pode vir encurtado e disfarçado, dificultando o julgamento da ameaça.

Mas se você já se perguntou alguma vez se há uma maneira rápida e simples de saber se um link é malicioso, antes mesmo de clicá-lo, saiba que há. E podemos fazer isto rapidamente através da web, sem a necessidade de instalação de softwares de terceiros. E mesmo se um aplicativo instalado no seu computador indique que aquele link estranho seja seguro, talvez, sua base de consulta não tenha tido tempo de ser atualizada para novas ameaças e golpes online — Sempre lembrando que diariamente surgem milhares de pragas na web e talvez você possa estar sendo uma das primeiras vítimas. E ainda se você é daquelas pessoas que desconfia até da própria sombra, e faz bem, sempre é bom ter uma segunda opinião e também, caso queira, você poderá se livrar também daquele complemento que diminui o desempenho do seu navegador. É o que veremos com mais detalhes neste tutorial.

Utilize sites que checam se um link é seguro.

Aviso: É necessário um pouco de cuidado ao manusear um link suspeito, para não clicá-lo por engano quando copiá-lo. A forma mais segura de fazer isto é: Clicar com o botão direito sobre o link, para abrir o menu de contexto, e em seguida clicar em “Copiar endereço do link” (no Google Chrome), “Copiar link” (no Firefox) ou em “Copiar Atalho” (no Internet Explorer). Para finalizar, cole o endereço na caixa de pesquisa clicando em “colar”.

Norton safe Web >>

Neste site você poderá copiar e colar o link suspeito para ter uma avaliação da conceituada empresa Symantec, que é a desenvolvedora do antivírus Norton. Esta avaliação é feita de acordo com as informações armazenada nos servidores da Symantec que analisam sites frequentemente para verificar como eles afetarão você e o seu computador. Este serviço é disponibilizado de forma gratuita, instantânea e em português.

(Fonte da imagem: Reprodução/Segredos Geek)

Ao pesquisar o endereço você visualizará uma espécie de “relatório mais detalhado” sobre possíveis ameaças encontradas. Há quatro avaliações possíveis especificadas por símbolos, se o site for considerado seguro pelo serviço você verá o símbolo verde de OK. Há a possibilidade de o site não ter sido avaliado pelo Norton, neste caso ele mostrará o símbolo de interrogação cinza.

(Fonte da imagem: Reprodução/Segredos Geek)

URL Void >>

O URL Void.com é um serviço gratuito desenvolvido pela empresa NOVirusThanks SRL, que permite que você escaneie um endereço de um site utilizando a reputação e avaliação obtidas de vários mecanismos de pesquisas simultaneamente como: Norton SafeWeb, Google, Avira, AvgThretLabs, PhishinTank, BitDefender entre outros. Este termina sendo um serviço mais completo, pois utiliza a lista negra de vários mecanismos de detecção de links danosos, de forma simultânea, incluindo também o Norton Safe Web visto anteriormente.

(Fonte da imagem: Reprodução/Segredos Geek)

Como checar Links que estejam encurtados?

Sucuri >>

Os serviços indicados anteriormente não são indicados em caso de URLs que tenham sido encurtadas utilizando serviços como Google Url shortner, Bitly, Migre.me entre outros, pois eles escaneiarão o site do serviço encurtador e não o link que ele aponta. Neste caso indicamos o serviço Sucuri.

Sucuri: Este serviço online expande automaticamente o link encurtado e faz o escaneamento baseado em uma série de serviços, como o Google, Norton SafeWeb e PhishTank, para determinar se o link real é seguro. Se o link não estiver encurtado utilize o URLVoid que é mais eficaz comparado ao Sucuri, pois utiliza mais recursos.

(Fonte da imagem: Reprodução/Segredos Geek)

Créditos da imagem: Martin Fisch via Flickr