Como Recarregar Seu Smartphone ou Tablet Mais Rápido

Como Recarregar Seu Smartphone ou Tablet Mais Rápido.


Você sabia que nem todo ato de recarga é igual? Pois é, se o seu smartphone ou tablet estiver com pouca energia e se você tiver um tempo bem limitado para recarregá-lo, aqui vão algumas dicas para você conseguir obter o máximo possível de carga. Essas dicas devem funcionar para praticamente qualquer coisa que recarregue via USB, incluindo câmeras digitais, periféricos e qualquer outro dispositivo que você possa ter.

Não Recarregue a Partir das Portas USB do Seu Computador

Sim, você pode conectar smartphones e tablets ao seu computador através de um cabo USB e eles carregarão. Mas eles não irão carregar tão rápido quanto se os mesmos estivessem conectados a um bom carregador dedicado, por exemplo. Dentro das especificações USB 1.0 e 2.0, uma porta padrão USB é capaz de fornecer até 0.5A (“A” de ampere). O USB 3.0 aumenta isso para 0.9A em portas típicas, enquanto a porta de um carregador dedicado pode oferecer até 1.5A. O USB 3.1, que está entrelaçado com (mas não é o mesmo que) o novo padrão USB Type-C, suporta até 3A.

Por exemplo, o iPhone 6 da Apple vem com um carregador que oferece até 1A. Se estiver recarregando um iPhone 6 a partir de uma porta USB 3.0 comum, você só irá conseguir 0.9A. Se estiver recarregando-o a partir de uma antiga porta USB 2.0, você só irá conseguir 0.5A. Smartphones Android e outros dispositivos modernos provavelmente serão capazes de extrair mais energia do que uma porta USB de um computador comum pode fornecer, assim, confira as especificações do seu smartphone ou tablet para saber do que eles são realmente capazes. Evite as portas USB do seu computador e conecte o seu smartphone ou tablet em um carregador dedicado.

Uma porta USB de alta potência em um computador mais moderno, dependendo do seu dispositivo, pode ser boa o suficiente, mas se estiver com muita pressa é sempre melhor recorrer a um bom carregador dedicado.

Não Recarregue a Partir das Portas USB do Seu Computador.

Use um Carregador Mais Poderoso

Em vez de simplesmente usar o carregador que veio com o seu dispositivo, você pode, em muitos casos, carregá-lo mais rápido ao adquirir um carregador mais poderoso. Por exemplo, o Moto G da Motorola geralmente vem com um carregador de 0.85A (5v), mas ele pode carregar mais rápido se você plugá-lo em um carregador de 2A (5v) (embora, segundo a fabricante, o mesmo só tire proveito de 1.5A). Você pode adquirir carregadores de terceiros com 2A, como o Carregador de Tomada USB – CP-AD2 Branco Sony >> ou, caso seja seu caso, usar o carregador do seu tablet — que normalmente tem 2A (5v).

Nem todo dispositivo será capaz de carregar mais rápido quando conectado a um carregador USB que pode fornecer mais energia. Isso depende muito do próprio dispositivo. O carregamento via USB foi padronizado de modo que você pode conectar qualquer dispositivo em qualquer carregador USB sem que nada exploda ou pegue fogo. Nessa situação, o dispositivo apenas drena do carregador a quantidade de energia que ele suporta. Alguns dispositivos só são capazes de puxar a quantidade exata de energia que os carregadores que vêm com os mesmos proveem, enquanto outros podem puxar mais energia e carregar mais rápido quando conectados a um carregador que pode fornecer mais amperagem.

Então, fique sempre à vontade para usar um carregador mais potente. Contanto que você use um carregador de 5v e que possua uma amperagem igual ou superior a do seu carregador padrão, nada deve dar errado.

Use um Carregador Mais Poderoso.

Use um Bom Cabo USB

Nem todos os cabos USB são iguais. Para obter melhores resultados, use o cabo que veio com seu dispositivo. Cabos USB baratos e de qualidade duvidosa podem não ser capazes de transmitir a quantidade total de energia, eles podem ser responsáveis por fazer com que seu smartphone ou tablet recarregue de forma lenta.

Deixe o Smartphone Quieto

Isso pode parecer um tanto quanto óbvio, mas é totalmente verdade. Consumir energia enquanto o smartphone está sendo carregado irá retardar o processo. Se estiver esperando o seu smartphone carregar enquanto joga um jogo pesado nele, esse jogo fará com que seu smartphone consuma mais energia e torne o processo de carregamento mais lento.

Algumas pessoas recomendam colocar o smartphone no modo avião, ou mesmo desligá-lo por completo; isso pode ajudar um pouco em uma possível emergência, mas pode se tornar um pouco inconveniente caso queira se manter conectado à rede celular e apto a receber uma possível ligação.

Deixe o Smartphone Quieto.

Use Uma Bateria Externa Portátil ou o Acendedor de Cigarros do Carro

É evidente que uma bateria externa portátil não irá fazer com que seu smartphone ou tablet recarregue mais rápido. Mas, se precisar sair de casa com seu smartphone, você pode pegar uma bateria externa e usá-la para recarregar o seu aparelho em qualquer lugar que esteja.

Alguns conjuntos de bateria portátil podem, até mesmo, ser projetados para funcionarem como cases (capas) que você pode acoplar ao redor do seu smartphone e recarregá-lo sem precisar carregar no bolso um dispositivo adicional. Então, caso precise, com frequência, recarregar rapidamente o seu smartphone antes de sair para qualquer lugar, apenas certifique-se de ter uma bateria portátil à disposição.

Ou, caso tenha que ir de carro para um lugar, adquira um carregador veicular universal e recarregue seus dispositivos enquanto dirige.


Alguns dispositivos mais modernos suportam a tecnologia “Quick Charge”, que é, na verdade, um recurso da Qualcomm — uma boa notícia é que os chipsets da Qualcomm são embarcados na maioria dos smartphones e tablets Android mais modernos. Para quem ainda não conhece, a tecnologia Quick Charge permite que um smartphone ou tablet recarregue muito mais rápido quando está vazio, e de forma mais lenta conforme a bateria se torna mais cheia. Isso pode permitir que você consiga alcançar o carregamento de mais de 50% da capacidade da bateria em meia hora. Para usar essa tecnologia, você precisa de um dispositivo com a tecnologia Quick Charge nativa e um carregador dedicado Quick Charge — que pode até não vir incluso com seu smartphone ou tablet, mas possa estar disponível como um acessório separado.

A expectativa é que no futuro, recursos similares possam virar moda entre os fabricantes e se espalharem para outros chipsets e dispositivos, tornando-se assim uma coisa mais padronizada. Mas, no presente, já é possível encontrar essa tecnologia embutida na maioria dos smartphones e tablets top de linha disponíveis no mercado.

Fonte: How-to-geek, Motorola.

Créditos de imagem: Carmen Shields, r. nial bradshaw, zoovroo via Flickr; Reprodução/Sony.